Café Verde Realmente Funciona? Uma Análise Detalhada!

rsz_coffee-bagPerder peso pode ser incrivelmente difícil.

Por esta razão, as pessoas recorrem a vários tipos de suplementos para facilitar as coisas.

O extrato de grão de café verde é um deles… E está, atualmente, entre os suplementos de perda de peso mais populares do mundo.

Como o nome indica, este suplemento é extraído de grãos de café verde.

Ele contém uma substância chamada ácido clorogênico, que se acredita ser responsável pelos efeitos de perda de peso.

O extrato de café verde foi promovido pelo Dr. Oz em 2012. Ele é um médico que trabalha na TV norte-americana e é, provavelmente, o mais famoso “guru” de saúde do mundo.

Eu sou uma grande fã de suplementos em geral, mas também sou particularmente cética quando se trata de suplementos para perda de peso, pois eles quase nunca funcionam como anunciado.

Este artigo lança um olhar detalhado sobre o extrato de grão de café verde… O que é, como funciona e o que a ciência tem a dizer sobre ele.

O que são os grãos de café verde?

Os grãos de café verde são, basicamente, grãos de café não torrados.

Este é o aspecto deles:

grãos de café verde

Os grãos de café são naturalmente verdes, mas eles geralmente são torrados antes de serem vendidos ao consumidor. Esse é o processo que os torna marrons.

Como sabemos... Os grãos de café estão carregados de antioxidantes e compostos fármacos ativos. Dois dos mais importantes são a cafeína e o ácido clorogênico.

Acredita-se que o ácido clorogênico seja o principal ingrediente ativo nos grãos de café verde. Ou seja, a substância que produz os efeitos da perda de peso.

Infelizmente…. A maior parte do ácido clorogênico é removida quando o café é torrado.

Por esta razão, os grãos de café normais não terão o mesmo efeito (embora haja muitas outras boas razões para beber café, se você o aprecia).

Como funciona o extrato de grão de café verde… Qual é o mecanismo?

O extrato de grãos de café verde contém, de fato, alguma cafeína.

Vários estudos mostraram que a cafeína pode produzir um impulso no metabolismo de 3% a 11%.

No entanto, acredita-se que o principal ingrediente ativo seja o ácido clorogênico.

Alguns estudos em seres humanos sugerem que ele pode reduzir a absorção de carboidratos no trato digestivo, o que reduz os picos de açúcar no sangue e de insulina(a,b).

Se isso for verdade, então tomar extrato de grãos de café verde será como seguir uma dieta com um nível de carboidratos inferior.

Green-Coffee-BeanOutros estudos (em ratos) demonstraram que o ácido clorogênico pode reduzir o peso corporal, reduzir a gordura absorvida na dieta, reduzir a gordura armazenada no fígado e melhorar a ação de queima de gordura do hormônio adiponectina.

Também se demonstrou que o ácido clorogênico melhora drasticamente os níveis de colesterol e de triglicéridos em ratazanas. Estes são fatores de risco importantes para doenças cardíacas.

Conclusão: estudos com animais demostraram que o café verde inibe o aumento de peso. Isto pode dever-se à diminuição da absorção de carboidratos na dieta, ou em outro mecanismo.

O que dizem os estudos em seres humanos?

Foram realizados vários estudos em seres humanos sobre o extrato de grão de café verde.

Estes estudos são chamados de testes aleatórios controlados, que são o padrão de excelência de experimentos científicos em seres humanos.

Um deles incluiu 30 indivíduos com excesso de peso e prolongou-se por 12 semanas.

Havia dois grupos… Um consumia café instantâneo normal, enquanto o outro consumia café instantâneo enriquecido com 200 mg de extrato de grãos de café verde.

Nenhum grupo recebeu instruções para alterar a dieta ou os hábitos de exercício físico.

O grupo que tomou café instantâneo com extrato de grãos de café verde perdeu 5,4 kg, enquanto o grupo que tomou café instantâneo puro perdeu apenas 1,7 kg.

A porcentagem de gordura corporal também desceu 3,6% no grupo de extrato de café verde, em comparação com 0,7% no outro grupo.

Mais estudos

Vários outros estudos têm relatado uma perda de peso significativa em pessoas que tomam extrato de grãos de café verde.

No entanto, é importante levar em conta que alguns desses estudos foram patrocinados por empresas que lucram com a venda de grãos de café verde.

Isto não significa necessariamente que os resultados sejam inválidos, mas sabe-se que a fonte de financiamento de um estudo pode ter um efeito significativo sobre os resultados. Convém, por essa razão, ser mais cético em relação a pesquisas financiadas pela indústria.

Em 2011, uma análise das evidências sobre o extrato de café verde concluiu:

“… os resultados destes testes são promissores, mas todos os estudos têm uma qualidade metodológica pobre. São necessários ensaios mais rigorosos para avaliar a utilidade do extrato do grão de café verde como uma ferramenta de perda de peso “.

Conclusão: vários estudos controlados realizados em seres humanos demonstram que o extrato de grãos verdes de café pode resultar em perda de peso significativa. No entanto, esses estudos eram relativamente pequenos.

O extrato de grãos de café verde têm outros benefícios para a saúde?

O café verde pode afetar positivamente a maneira como nossos corpos absorvem e utilizam os carboidratos.

Tal como sugerido pelos estudos em animais, os suplementos de ácido clorogênico parecem reduzir a absorção de glicose.

Este efeito sobre o metabolismo da glicose poderá desempenhar um papel protetor na gestão da diabetes, e poderá também explicar os seus efeitos sobre o peso corporal.

O extrato de café verde também pode afetar positivamente os vasos sanguíneos, que têm implicações importantes para a saúde cardíaca.

Demonstrou-se que dosagens diárias de 140-720 mg reduzem a pressão arterial em ratos e também em seres humanos com pressão arterial elevada.

O ácido clorogênico também funciona como um antioxidante.

Conclusão: o extrato de grãos de café verde pode melhorar o metabolismo da glicose e reduzir a pressão arterial. Isso pode trazer benefícios para as pessoas com risco elevado de diabetes e doenças cardíacas.

Efeitos colaterais, dosagem e como usar

De acordo com os poucos dados disponíveis, o extrato de grãos de café verde parece ser bastante seguro.

No entanto, alguns participantes desistiram de um estudo devido a dores de cabeça e infecção do trato urinário.

Este estudo é pequeno demais para demonstrar que os efeitos colaterais foram causados pelo próprio suplemento; pode ter sido apenas uma coincidência.

O café verde contém, de fato, cafeína, o que pode provocar vários efeitos secundários quando consumido em grandes quantidades. Isso inclui ansiedade, agitação, taquicardia, etc.

Se você é sensível à cafeína, então você deve ter cuidado com o extrato de grãos de café verde. O ácido clorogênico também pode ter um efeito laxante e causar diarreia.

Algumas pessoas tiveram reações alérgicas aos grãos de café verde. Se você tem alguma alergia conhecida ao café, então deverá mesmo evitá-los.

Não ficou demonstrado que o café verde seja seguro para mulheres grávidas ou lactantes, e ele também não deve ser consumido por crianças.

Não há atualmente nenhum estudo que determine uma dosagem ideal de extrato de grãos de café verde. No entanto, os estudos no artigo citado usaram dosagens que variavam entre os 120-300 mg de ácido clorogênico.

Dependendo da concentração de ácido clorogênico em seu suplemento, a dose diária de extrato de grãos de café verde pode variar entre 240-3000 mg.

Recomendo que você siga as instruções de dosagem da embalagem. Uma recomendação habitual é uma porção, 30 minutos antes de cada refeição.

Leve um recado para casa

O extrato de grãos de café verde parece ser útil para ajudar a perder peso. Ele também pode ter alguns benefícios para o metabolismo da glicose e da pressão arterial.

 

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *